16 de mai de 2017

Projeto 20 Coisas

|

Olá leitores do blog Mil e Uma Estações, tudo certo com vocês? Eu sou Luísa Eulália, do blog O Mundo de Eulália, moro no interior de Minas Gerais, sou estudante de Direito e apaixonada por blogar, ver séries e escrever. Ainda acredita em um mundo melhor e tenta com seu blog fazer a vida das pessoas um pouco mais leve.




Este post surgiu de um projeto – o 20 Coisas – e minha primeira parceira desse projeto é a linda da Adriana Carvalho, do blog Mil e Uma Estações. No post de hoje eu vou falar sobre 20 coisas que não te contam sobre a faculdade.

Vamos lá então?





1. Você não encontra só pessoas maduras na faculdade. É isso mesmo, a gente vai meio iludido achando que só vai encontrar pessoas mais maduras, mas, muitas vezes, parece uma extensão do Ensino Médio.

2. Os professores são seus melhores amigos. Quando estávamos na escola tínhamos receio dos professores, mas, na faculdade, é diferente. Eles, muitas vezes, te ajudam a dar o seu melhor e acreditam no seu potencial.

3. Os funcionários do xerox também serão seus melhores amigos. Quando você vê por aí as pessoas falando se escolhem tirar o xerox ou comprar coxinha não é brincadeira. Na faculdade, você gasta muito com xerox de apostilas e materiais de estudo.

4. Livros se tornam cada vez mais um luxo. Livros acadêmicos são muito caros. Seja qual for o curso que você escolher, se quiser investir em livros vai ter que desembolsar uma senhora grana para obtê-los.

5. Biblioteca, sua segunda casa! Se os livros acadêmicos são caros, a quem podemos recorrer? Claro que uma das opções é a biblioteca. Mesmo que algumas tenham o limite de empréstimos, já é uma grande ajuda na hora dos estudos. Além de você poder utilizar dos espaços e computadores lá existentes.

6. Dinheiro na mão é vendaval! Além de gastar com livros, mensalidades (em caso de faculdade privada), xerox e materiais, você ainda tem os gastos com lanches, transporte, doações em projetos, ou seja, você gasta muito com a faculdade. Por isso, é bom se planejar antes.

7. Normas da ABNT, sua maior inimiga! Sabe aqueles trabalhos com capas do WordArt da época da escola? Pode esquecer. Todos os trabalhos acadêmicos são feitos nas normas da ABNT e só Deus sabe como é complicado aplicar todas as normas existentes, então, um conselho, aprenda desde já.

8. Os prazos nunca serão suficientes. O professor pode passar um trabalho para entregar daqui 15 dias mas, nunca será o suficiente. Você irá enlouquecer como se tivesse apenas 3 dias para fazê-lo.

9. Horas acadêmicas: a nova meta da vida. Além de cumprir a média de nota para passar o semestre, para formar, você precisa ter determinada quantidade de horas acadêmicas, que são oferecidas por meio de eventos, palestras, viagens e afins. E parece que nunca terão eventos suficientes para obter essas horas, então corra atrás delas como se não houvesse amanhã.

10. Nunca estude um dia antes da prova. Sério gente, na faculdade isso não funciona.

11. Resumos, resumos e mais resumos. Quer tirar nota boas nas provas? Faça resumo de tudo o que o professor falou. É certeza de sucesso.

12. Grupos de estudos muitas vezes não acabam em estudos. Quando você combina com seus amigos de reunir para estudar muitas vezes se perde o foco e tudo acontece, menos estudar.

13. 0,5 ponto faz muita diferença. Na escola a gente não ligava para essas coisas. Mas na faculdade você pode, e muitas vezes será, reprovado por causa de 0,5 ponto.

14. Celulares e Tablets vão de ajudar, e muito. Quem usa o celular e tablets apenas para redes sociais vai descobrir que eles são muito úteis para economizar dinheiro e não precisar comprar livros.

15. Marca textos nunca serão suficientes. Esse com certeza é o objeto que mais utilizo na faculdade. Em dois anos de curso já comprei uns 7 marca textos e utilizo todos. Meu caderno e Vade Mecum é mais colorido que um arco íris.

16. Canetas mágicas, somem e nunca mais aparecem! É impressionante como você perde canetas, lápis e afins na faculdade. Acho que elas enlouquecem e vão embora, só pode.

17. Você irá dar muito valor as suas férias. Vai chegando fim de período e você já estar quase enlouquecendo e então chega as férias. Você curte como se não houvesse amanhã porque sabe que logo elas vão acabar e começar tudo de novo.

18. Você sempre irá brigar com alguém em trabalhos em grupo. Não tem jeito, mesmo se for seu melhor amigo, vocês irão discordar em algo e aí começa as brigas. Mas normalmente, sempre voltam as boas depois.

19. Cuide da sua saúde física e mental pois, você irá precisar dela. Faculdade não é fácil. Você passa por momentos de muito estresse e felicidade também. E isso mexe muito com o ser humano. Por isso você deve ser forte para aguentar todos os momentos extremos.

20. Você irá fazer amigos inimagináveis e apesar dos problemas, vai sentir muita saudade dessa época. Em dois anos de faculdade, eu já fiz amizades com pessoas que no começo odiava e desfiz amizades com pessoas que achei que seriam meus amigos para o resto da vida e conheci meu atual namorado, ou seja, você vai conhecer muita gente. E mesmo a faculdade seja muitas vezes difícil e cansativa, você vai sentir saudades de todas as coisas que conquistou e passou nessa época, por isso, aproveite o momento.


Espero que tenham gostado do post !

Se quiserem conhecer mais sobre mim e meu blog me siga nas redes sociais: 

Instagram: @luiisaeulalia
Facebook: @omundodeeulalia
Twitter: @omundodeeulalia

2 de mai de 2017

Idéias de Cabeceira para seu quarto

|
Olá pessoal....

Hoje venho com dicas bacanas de cabeceiras lindas para deixar o seu quarto mais aconchegante e arrumado. Cabeceira é vida e dá um ar diferente no quarto, como sei que nem todas podem comprar uma cabeceira, darei dicas de outras formas de ter uma cabeceira mesmo sendo fake. Ah, e todas as fotos são referências do Pinterest.

 Vamos lá:










Espero que se inspirem e gostem. <3

23 de abr de 2017

Desencana... que a vida é curta

|


Oláaaa meus amores, como estão? Espero que bem.

Hoje venho com um assunto um tanto polêmico, mas depende do ponto de vista,você que esta ai do outro lado da telinha e esta namorando, possa ser que esteja tudo lindo, mas pode ser que esteja vivendo um inferno na sua relação e você nem sabe disso...

...vamos lá.

Quando conhecemos alguém que faz nosso tipo, ficamos pensando na pessoa, com borboletas na barriga e sempre sorrimos ao pensar nela ou nele, a principio é tudo maravilhoso no inicio,claro que em alguns casos o namoro é incrível em qualquer momento, mas tem casos que nós mulheres estamos vivendo em um relacionamento abusivo, não corporal, mas verbal e o pior é que em alguns casos temos consciência disso, mas ao nosso ver é "normal". O fato é que as vezes nos apegamos tanto a pessoa que não conseguimos enxergar os defeitos dele(a) e acabamos em um relacionamento tóxico e abusivo.
Sempre digo que quem esta por fora, enxerga mais do que a pessoa que esta na relação. Acho que o medo da solidão é tanta que as pessoas ficam em relacionamentos assim, porque tem medo de se aventurarem sozinhas pelo mundo e acham que não conseguem viver sem ninguém.

Miga deixa eu te contar, você vai viver sim, não precisa ficar nesses relacionamentos que só te deixam triste e mal, a vida é tão bela, o mundo é tão grande para ficarmos presa em um único território. Eu sei o quão difícil é ficar longe de quem amamos, mas temos que fazer esforços e sabemos que quando queremos dar um grande passo para frente, algo vai ficar para trás e que esse algo seja esse amor que não te faz bem.

Vai doer, mas nenhuma dor é para sempre quando temos família e amigos que nos amam de verdade...


...desencana migs <3

8 de mar de 2017

Arrisque-se

|


Por quê temos tanto medo de arriscar em algo novo, seja relacionamento, trabalho ou a própria vida em si. Muitas vezes é por que já estamos machucados e temos medo de tentar de novo e retomarmos e sentirmos a mesma ferida que já passamos.
 Posso dizer que nos apegamos a essa ferida e deixamos de viver, sei como é isso, pois estou passando por essa situação. Então quando sofremos, nos apegamos a essa ferida de tal forma que ela acaba tomando conta de nós de tal forma que nos impede de viver, nos impede de arriscar, pois de uma forma na nossa cabeça ela fala: "Não se arrisque, não faça, pois você vai se ferir novamente e "eu" nunca irei sarar e irei te fazer mal, dessa vez sofrerá o dobro e ficarei jogando na sua cara tudo de novo,novamente e outra vez", é mais ou menos assim que acontece. Por experiência própria estou deixando de sentir e viver, me sinto insegura e medrosa, fico estressada e com raiva por tudo, as vezes me bate um desespero por essa "voz" não sair da cabeça, pode parecer loucura para uns, mas é a ferida aquela que nos apegamos e que convive conosco que faz passarmos por tudo isso, por todos esses sentimentos ruins e chega um tempo que não aguentamos mais e se não tomarmos uma providência a cada dia entraremos em um pequeno estado de loucura até que a gente acabe afastando todos que amamos e ficaremos sós, sem ninguém para conversar, para sair, sem ânimo para viver, pois deixemos essa ferida nos atingir mais e mais.

Uma coisa que eu sei, mas não coloco em prática (que é muito errado), é saber que sou ser humano e vivo na terra e que faz parte da vida nos ferirmos e ferir, é a lei natural e outra coisa importante, não somos os únicos que sofrem por um erro ou mágoa do passado, várias pessoas até as próximas de você sofrem, mas a maioria  (assim acredito eu), escolheram não "ouvir" a ferida e mandaram era "pastar", por que não existe nada mais magnifico do que viver, sem medo, sem insegurança.

O que eu quero e sim irei colocar em prática e quero que todos vocês que lerem esse post façam o mesmo é, ocupe a mente com coisas boas sei que é difícil, mas quando pensamentos de medo começarem a aparecer digam: "Eu sou mais que você e não tenho medo" e comecem a trabalhar para fechar essa ferida que tanto incomoda, é um trabalho árduo mas não é impossível, fale dos seus problemas, dos seus medos para alguém que confia e viva.


Por que viver é desatar nós. Não escute a ferida, mostre que quem manda é você no seu corpo e na sua mente.


6 de mar de 2017

Relacionamentos

|


Olá pessoas lindas, hoje irei falar sobre 5 coisas que aprendi com relacionamentos alheios. Não sou uma pessoa que tive vários namorados, na verdade só tenho um, mas acredite que tenho experiência com o relacionamento de outras pessoas. E é claro observando os relacionamentos e lendo livros específicos, acabei aprendendo e trazendo tudo isso para meu relacionamento. 
Então vamos começar:

1. Redes Sociais

Eu sei que é lindo postar fotos felizes nas redes sociais e compartilhar momentos, mas vamos combinar que toda hora é chato, fora que se o relacionamento não der certo, vai dar o maior trabalho para apagar as fotos depois. E inveja também tem facebook, instagram, etc. Então aprendam a preservar os momentos ao lado de seu amor, pode sim postar fotos, mas com cautela, tudo que é bom fazemos em off;

2. Paciência

É uma dádiva de Deus ter paciência. No nosso cotidiano a correria nos deixa sem paciência e acabamos brigando com a pessoa que amamos. Aprendam algo, estresse é normal, mas saibam que esse sentimento é passageiro e uma briga com quem amamos pode destruir anos de relação. Se estiver em um dia de cão e impaciente, fale com o seu namorado(a), que não estar em um momento bom e vai relaxar para esfriar a cabeça. Descontar a raiva em quem amamos é péssimo, sempre use a frase *Não faça com os outros, aquilo que você não quer que eles façam com você*;

3. Ciúmes

Quem não tem ciúmes que atire a primeira pedra. Ter ciúmes é normal, eu tenho do meu namorado, mas não demonstro e vou explicar o porquê:
* Quem tem ciúmes excessivo é porque não tem confiança em si mesmo, aprendam que na vida ninguém é de ninguém, você não tem posse sobre o outro. Entendo que quando gostamos temos medo de perder alguém, mas isso precisa ser superado, aconselho ler o livro de Augusto Cury "Mulheres Inteligentes, Relações Saudáveis", nele vocês irão entender meu ponto de vista ( faço depois um resumo, assim que terminar de ler). Por mais difícil que seja, aprendam a confiar no seu parceiro e em si próprio, pois se estão juntos é por que vocês tem algo a aprender, desfrute e viva intensamente, mas com ciúme moderado*;

4. Conversa

Pelo amor de tudo o que for mais sagrado, conversem sobre tudo com o seu parceiro, um bom dialogo, mantém uma relação saudável. Se estiver triste, alegre, querendo chorar, ou seja como for, se abra com ele(a). Até porquê namoro não é só sair de mãos dadas, é ter companheirismo, ter uma conversa aberta, mostra o quanto você gosta de expressar aquilo que sente, ou de simplesmente falar de algo que seja fútil para ele, mas que você considera importante. É na conversa que conhecemos nosso parceiro e também nos conhecemos. Saiba dialogar sobre tudo, pois assim o relacionamento se fortalecerá.

5. Ouvinte

Para uma boa conversa é necessário um bom ouvinte, não adianta conversamos com nosso parceiro se ele não escuta ou está distante. Sei que todos temos nosso momento de distração, mas quando estamos com quem amamos, é para estarmos com quem amamos, não para ficarmos pensando no trabalho do dia seguinte, na saideira com os amigos, o baba de sábado, etc. Esses momentos são únicos e ouvir tudo o que a pessoa tem a dizer é mágico, por mais bobo que seja, ele esta ali abrindo o seu coração e sendo o que realmente é. Aprenda a esquecer dos problemas, pois a sua pequena felicidade pode estar na sua frente e por um descuido e falta de atenção, pode acabar escorregando pelos seus próprios dedos.



É isso amores, em breve voltarei com mais 5 coisas que aprendi em relacionamento alheios, não falei tudo, pois o post iria ficar gigantesco, espero que tenham gostado, se gostarem ajudem a amiga blogueira aqui. Comentem pois só assim saberei se esse tipo de post agrada e para ir melhorando aos poucos.

Bye Bye- Driika Costa 

19 de jan de 2017

Metas 2017

|
Olá pessoas da internet, tudo bem com vocês? Ano novo iniciando e temos muitos planos e sonhos para 2017, milhares de projetos que já não aguentamos mais e estamos doidos para que saia do papel, não é mesmo?


Ahhhhh começo de ano sempre mil maravilhas, tudo é lindo. Mas vamos lá né. Todo inicio de ano falamos a mesma coisa: vou começar dieta, vou entrar na academia, vou ser menos preguiçosa, vou ler mais, etc, etc, etc. Mas quando os meses começam a passar acabamos esquecendo desses projetos e o ano vai passando e quando nos damos conta o ano acabou e não fizemos nada e ai começa tudo de novo: "Ano que vem irei fazer novos planos e vai dar certo", ai acontece a mesma coisa (rsrsr),no começo sempre empolgação, mas depois tudo some.

Sou assim também, sempre fiz planos e começa bem, mas depois tudo desandava e no final do ano fico mal por não ter cumprido nenhuma meta, ou ter começado e largado e é por isso que nesse novo ano minha meta é não fazer metas, deixar as coisas acontecerem naturalmente e como deve ser, não criarei expectativa em nada e irei fazer tudo que estiver ao meu alcance, vamos ver se assim funciona. Acho que metas de uma certa parte são boas, por que nos mantém focados em nossa missão, mas ao mesmo tempo algumas metas é como se fosse algum dever que deve ser cumprido e quando a meta é algo que temos que fazer por fazer, não dá certo, pois largamos e nos frustramos rápido demais.

Então faça só o que pode cumprir e deixe a vida te levar.


Post atrasado de metas... Mas ainda esta valendo rsrsrs. :*

17 de jan de 2017

Redes Sociais ou Minha Vida.

|
Oiii gente, como vocês estão? - Espero que estejam bem.



Hoje irei de falar de um assunto que atingem várias meninas/meninos que tem blog ou youtube, a oposição dos pais com essa rede social que cresce a cada dia mais. Muitos pais não apoiam que os seus filhos escrevam ou gravem vídeos por medo da exposição que seus eles vão sofrer. Mas mal sabem eles que proibindo é pior, pois eles acharão um jeito de postar seus pensamentos nas redes sociais, salvo a família monitorar os acessos, que vamos combinar que em pleno século XXI é estranho. Claro que deve haver uma preocupação, mas controlar é pior, pois como diz aquele ditado "tudo que é proibido é mais gostoso", proibindo vai atiçar a curiosidade da criança/adolescente em saber o por que dos pais estarem fazendo aquilo.
O certo é os pais sentarem e conversarem com os seus filhos sobre os perigos que a internet oferece, e dar uma carta de confiança, mas explicando que a falta de confiança acarretará em consequências que quem vai sofrer vai ser os filhos(as).

Claro que ainda existem muitos pais que não pensam assim e proíbem com medidas rigorosas de ter que escolher entre o mundo dos blogs ou o pagamento de uma faculdade, fazendo aquelas chantagens emocionais, sabem?
Pois bem, já ouvi casos de pessoas tristes pois os pais proibiam de uma certa forma que dava muita pena, porque desistir de um sonho é morrer por dentro, é criar frustrações desde cedo e pode acarretar em ser um adulto triste e sem grandes perspectiva com a vida.

Acho que por mais que os pais proíbam e você fique triste, chateado ou magoado e tenha que excluir o blog, o melhor a se fazer é ouvi-los e adormecer por um tempo esse sonho e é nesse tempo que você vai anotando todas as idéias e escrevendo todos os posts que irá fazer assim que retomá-lo. Aproveite esse tempo para ler mais, se aperfeiçoar, estudar, ouvir novas músicas, expandir a mente. Parece difícil, mas com o tempo e com o pensamento de que "eu estou fazendo isso para me aperfeiçoar no futuro com meu blog", pode ajudar.


Bye Bye - Adriana Costa